Seis países, diferentes ritmos e muitas histórias de vida unidas pela força de um instrumento: o tambor. Somos convidados a viver esta incrível viagem musical e humana que atravessa os continentes no documentário “Tambores do Mundo”, realizado pela Cinevídeo Produções. Moçambique, Zâmbia, China, Catar, Brasil e Portugal são os cenários escolhidos para este enredo surpreendente. Música, religião, cultura, tradição e modernidade são retratadas nas histórias de vida de cada um dos personagens acompanhados pelas lentes deste filme. O final guarda ainda uma surpresa especial, criando um diálogo cultural que aproxima os continentes. Que rufem os tambores! Mais do que ver (e ouvir), sinta o pulsar dentro de si.

Sérgio Raposo nasceu em Brasília, capital do Brasil, onde iniciou sua carreira como montador em diversos curtas-metragens. Em 2004, recebeu o prémio de Melhor Montagem de longa-metragem no 14º Cine Ceará, pelo filme “Dom Helder Camara, O Santo Rebelde”. No mesmo ano começa a actuar como realizador em programas de TV, documentários e curtas-metragens para cinema. “Tambores” é seu primeiro longa-metragem.


Six countries, different rhythms and many life stories united by the force of one instrument – the drum. We are invited to experience this incredible musical and human voyage that traverses the continents in the documentary “Tambores do Mundo – Drums of the World”, directed by Cinevídeo Produções. Mozambique, Zambia, China, Qatar, Brazil and Portugal are the stages chosen for this surprising web. Music, religion, culture, tradition and modernity are portrayed in the life stories of each of the people followed by the lens in this film. The ending holds a special surprise, creating cultural dialogue that draws the continents closer. Let the drums roll! More than watching (and listening), feel the beat within you.

Sérgio Raposo was born in Brasilia, capital of Brazil, where he began his career as an editor on various short films. In 2004, he received the prize for Best Editor of a full-length film at the 14th Cine Ceará festival, for the film “Dom Helder Camara, O Santo Rebelde”. That same year, he began working as a director on TV programmes, documentaries and short films for the cinema. “Tambores” is his first full-length film

Sérgio Raposo, 2011, Brasil/ China/ Catar/ Portugal/ Zâmbia/ Moçambique, 71’

Este filme está na mostra do 6ºDOCKANEMA, com a presença do realizador